“MARCAS NA NATUREZA”

FOTO Via E.E.BORBA/Arquivo

Então, vocês já devem conhecer ou ter ouvido falar do escritor Elieser Borba, não é? Mas algo que vocês não devem saber é que, seu trabalho, como artista, não se resume apenas a arte representada na escrita.

FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo
FOTO “Segundo Caderno” /Globo

Em 2017, ele realizou a Exposição “MARCAS NA NATUREZA“, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Um trabalho realmente incrível pautado em apresentar obras de arte feitas com diversos materiais metálicos que o artista desentarrava ou retirava do fundo do mar das praias cariocas, com o auxílio de um detector de metais.

FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo
FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo
FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo

Mesmo sendo a detecção um esporte praticado por ele, a exposição apresentou, de forma educativa, uma série de artefatos dos mais curiosos, que pessoas perdem ou simplesmente abandonam nas areias e no mar e que não deveriam ser descartados na natureza. Uma arte repleta de significados, que foi matéria de jornais e inclusive de programas de TV de algumas emissoras.

FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo
FOTO Via E.E.BORBA /Arquivo

Rolem as fotos, apreciem e cliquem na TAG marcasnanatureza para ver mais no perfil dele, o @eeborba. Sigam também o artista e fortaleçam o trabalho de pessoas que, como ele, são GENTE DA NOSSA GENTE / Via @projetopretosnotopo INSTAGRAM

APOIEM O BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO EM AMAZON.COM E AMAZON.COM.BR. ACESSEM O LINK ABAIXO E BOA LEITURA 📖☺️✊🏾

CAMINHOS QUE FALAM

FOTO: @diferentedeninguem LOCAL : Brasil

Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores

“Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição
De morrer pela pátria
E viver sem razão

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES” – GERALDO VANDRÉ

APOIEM O BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO EM AMAZON.COM E AMAZON.COM.BR. ACESSEM O LINK ABAIXO E BOA LEITURA 📖😉✊🏾

LIVRO/EBOOK “BARATA, O ALIMENTO”

FOTO : E.E.Borba. LOCAL : Austria

O texto abaixo parece um discurso de MARTIN LUTHER KING, mas é um trecho do mais novo livro do escritor E.E.BORBA . Todo preto precisa ler esse livro, pois a discussão étnico-racial dele é surpreendente. Algo jamais visto na literatura brasileira. Sigam o artista e adquiram seu livro. Ele está disponível em versão física e digital, para o Kindle, no site da Amazon. TODO APOIO A LITERATURA PRETA INDEPENDENTE ✊🏾

“O MUNDO EM QUE SEMPRE VIVEMOS NUNCA FOI O IDEAL PARA QUEM É NEGRO, OUTRORA ESCRAVIZADO E QUE ATÉ O DIA DE HOJE CONTINUAVA VIVENDO A AGONIA REAL. EM TODO O ARDOR DO TRABALHO, OS SALÁRIOS DOS PRETOS SEMPRE SEGUIU AO CONTRÁRIO DO BRANCO, RARAMENTE MAIOR.

O ESFORÇO DOS CAUCASIANOS, EM COMPARAÇÃO COM O NOSSO, NUNCA VERTEU O MESMO SUOR. MAS A PARTIR DE HOJE, NOSSAS VIDAS TERÃO POUCAS DORES, TAMPOUCO ELES IRÃO NOS ENXERGAR COMO ALGO MENOR. HOJE, ESTAMOS LHES ARRANCANDO MAIS QUE OS OLHOS, NÓS ESTAMOS QUEBRANDO O MAIOR MONOPÓLIO DOS QUE SEMPRE NOS DERAM O PIOR.

AO LONGO DE DÉCADAS, NOS TRATAM COMO LIXO, OS MAIS PERSEGUIDOS, POR VEZES BANDIDOS, MORTOS DE GRAÇA, COLOCADOS ABAIXO DE NADA.
MAS ELES NUNCA SOUBERAM QUE NOSSOS PUNHOS, DE TANTO TRABALHO DOÍDOS, SEMPRE ESTIVERAM ERGUIDOS, SEMPRE SEGUIMOS UNIDOS, COM NOSSAS MÃOS LEVANTADAS.

MAS HOJE, MEUS IRMÃOS E IRMÃS, NÃO TEMOS SÓ OS PUNHOS CERRADOS, DEIXAMOS O MEDO DE LADO, E LHES TOMAMOS TAMBÉM A ESPADA. E LHES DIGO QUE TODOS OS CABOS QUE AINDA NOS MANTINHAM AMARRADOS SERÃO FRIAMENTE CORTADOS.

NÓS SOMOS AQUILO QUE NÃO DEIXAMOS DE REALIZAR, E AGORA, ESTAMOS REALIZANDO O MAIOR FEITO DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE, TRANSFORMANDO O MUNDO NUMA SÓ CRENÇA, NUMA SÓ COR, UMA SÓ UNIDADE.”

CAMINHOS QUE FALAM

FOTO: Elieser Borba. LOCAL : Ipanema – RJ

APOIEM O BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO NO SITE DA AMAZON. ACESSEM O SITE NO LINK ABAIXO E BOA LEITURA 📖😉✊🏾

CAPA: @desenhosdonando

PRETO EM FOCO

Elis Verdeiros Via Instagram

Fala, povo lindo! Então, como os que acompanham o IG já sabem: Sexta-feira é dia da matéria “PRETO EM FOCO” do BLOG “ARTE E ARTIVISMO“.

FOTO reprodução ViA Instagram

Hoje, apresento-lhes a Elis Verdeiros. Essa preta, de Sampa, é arquiteta e especialista em gerenciamento de obras. Uma profissional absolutamente incrível e com o comprometimento necessário para tornar paupável os anseios de cada cliente, seja em residências ou estabelecimentos comerciais. Vale muito à pena acessar o seu perfil no Instagram (@arq.elisverdeiros ), entrar em contato avaliar seu trabalho.

Acabamento de banheiro/ Reprodução ViA Instagram

Disposição de Andaimes para aplicação de textura

E falando em seu IG, ali é possível ter contato com muitas outras coisas bacanas que ela compartilha, que vão desde fotos arquitetônicas maravilhosas, obviamente, viagens e atividades culturais das mais diversas.

A arquiteta pelo olhar do artista plástico Robson Eleut

A última, inclusive, reúne fotos de uma série pinturas e Grafittis, onde, o mais interessante é perceber que sua atenção se volta para o trabalho de artistas de rua e artistas plásticos pretos.

Movimento ddos Panteras Negras/ SesC Pinheiros

Transformação de Muros/ Robson Eleut

Enfim, fica aqui mais essa indicação de uma preta que, certamente, faz a diferença em cada lugar onde coloca seus pés. Um indicador claro de que, independente da atividade que toda gente preta exerça em vida, é essencial falarmos e exaltarmos a cultura da nossa gente e mostrar ao mundo, que:

Nossos punhos, de tanto trabalho doídos, sempre estiveram erguidos, sempre seguimos unidos, com nossas mãos levantadas” – Livro/ebook “BARATA, O ALIMENTO” E.E.BORBA – 2020

Sigam o perfil da Elis, no Instagram, contactem a mesma para mais informações sobre o seu magnífico trabalho e “PODER PARA O POVO PRETO

CAMINHOS QUE FALAM

FOTO: @queridagabriela LOCAL : São Paulo – SP

É inevitável, na atual efervescência das redes sociais, os haters, entendedores da crítica social do meu trabalho como escritor e no meu ativismo político não me mandarem mensagens dizendo que “Ao invés de morar na Europa eu deveria viver em Cuba “.

Em algumas entrevistas, lives e Podcasts, inclusive, as pessoas me perguntam qual postura tenho, frente esse tipo de abordagem e respondo prontamente que “nenhuma”. Como vou responder algo para alguém que não conheço. As pessoas que conheço, que caminham ou um dia caminharam ao meu lado, sabem a história que me faz viver onde vivo.

No fim das contas, achei na foto da @queridagabriela uma ótima resposta para todos os que vem na DM me enviar mensagens do tipo “saí daí onde tu tá e vai morar na Venezuela

Vão procurar uma louça para lavar, um trabalho para fazer ou um bom metro de grama para comer 😭🐄

APOIEM O BLOG ARTE E ARTIVISMO ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO NO SITE DA AMAZON. ACESSEM O SITE E BOA LEITURA 📖😉✊🏾

MEMES SUBVERSIVOS

Montagem Via @eeborba

APOIEM OO BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO NO SITE DA AMAZON. ACESSEM O O SITE E BOA LEITURA 📖😉✊🏾

ARTE DA CAPA Via @desenhosdonando

FALA LEITORA…

FOTO Via Gabriela Moraes / Instagram – SP

Fala, galera esperta, que acompanha o meu trabalho como escritor, que lê meus livros e prestigia a minha arte expressa na escrita. Degustem a opinião de mais uma leitora querida sobre o livro do momento, o “BARATA, O ALIMENTO“.

E com a palavra, a Gabriela Moraes:

O 𝙦𝙪𝙚 𝙫𝙤𝙘ê 𝙛𝙖𝙧𝙞𝙖 𝙨𝙚 𝙩𝙤𝙙𝙖 𝙖 𝙘𝙤𝙢𝙞𝙙𝙖 𝙚 𝙗𝙚𝙗𝙞𝙙𝙖 𝙙𝙤 𝙢𝙪𝙣𝙙𝙤 𝙨𝙚 𝙩𝙤𝙧𝙣𝙖𝙨𝙨𝙚𝙢 𝙞𝙣𝙘𝙤𝙣𝙨𝙪𝙢í𝙫𝙚𝙞𝙨?⁣

Esta é a história de Marcel que, ao acordar um dia, descobre que esteve dormindo por muito tempo e que todo o mundo agora se alimenta de baratas – a única coisa que pode ser consumida sem causar a morte instantânea. As pessoas fazem de tudo para atrair o inseto até suas casas e, quem tem mais condições, consegue comprá-las congeladas e temperadas no supermercado. O problema é que o inseto não fornece os nutrientes necessários para que uma pessoa sobreviva, então, lentamente, todos estão morrendo.⁣

Com uma narrativa bastante sagaz, E.E.Borba nos apresenta o apocalíptico mundo de “𝗕𝗮𝗿𝗮𝘁𝗮, o 𝗔𝗹𝗶𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼”. Mais do que mostrar uma realidade futura que choca o livro também causa desconforto pela crítica social, nos mostrando que não precisamos estar num mundo onde nada mais é comestível para que as pessoas morram de fome, e o quanto é injusta a distribuição de recursos, especialmente quando todos lutam pela sobrevivência.⁣

“𝐶𝑜𝑚 𝑡𝑢𝑑𝑜 𝑜 𝑞𝑢𝑒 𝑒𝑠𝑡𝑎𝑣𝑎 𝑠𝑒 𝑝𝑎𝑠𝑠𝑎𝑛𝑑𝑜, 𝑎 𝑑𝑒𝑠𝑖𝑔𝑢𝑎𝑙 𝑟𝑜𝑑𝑎 𝑠𝑜𝑐𝑖𝑎𝑙 𝑑𝑎 𝑣𝑖𝑑𝑎 𝑓𝑢𝑛𝑐𝑖𝑜𝑛𝑎𝑣𝑎 𝑐𝑜𝑚 𝑠𝑢𝑎𝑠 𝑚𝑒𝑠𝑚𝑎𝑠 𝑒𝑠𝑡𝑟𝑢𝑡𝑢𝑟𝑎𝑠 𝑑𝑒 𝑐𝑙𝑎𝑠𝑠𝑒”⁣

Acho o livro perfeito para o momento em que estamos vivendo no Brasil e no mundo. A pandemia do novo corona vírus destaca a desigualdade social e a distribuição injusta de recursos. Extremamente necessário –
BARATA, O ALIMENTO” está disponível para compra no site da Amazon” – Abril de 2020

Mobtagem Via Gabriela Moraes /Instagram

CAMINHOS QUE FALAM

FOTO: Rafael Luppi LOCAL : Livraria Leonardo DaVinci – Centro – RJ

Todo dia é dia de ser subversivo 📖😂✊🏾

APOIEM O BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO NO SITE DA AMAZON. ACESSEM O SITE E BOA LEITURA 📖😉✊🏾

PRETO EM FOCO

A FOTO Via Instagram

Bom dia, boa tarde e boa noite, mundo! Vamos conhecer mais uma personalidade preta que faz a diferença na sociedade?

Como toda sexta-feira, hoje lhes trago mais uma figura preta brasileira que, com certeza, se tivesse várias cópias espalhadas pelo país, faria da Terra Tupiniquim um lugar melhor para se viver. Estou falando da Vitória Guimarães.

A Instagram FOTO Vi

Ela faz parte de um coletivo que, sempre que posso, faço questão de exaltar: O “PONTO DE CULTURA HIP HOP CARIRI“. A Vitória, assim como a galera que com ela atua, estão abalando as estruturas do Ceará. Me arrisco aqui a dizer que, eles estão fazendo um trabalho que tem saído da zona do Cariri, para o mundo.

Eu mesmo que, há alguns anos não resido no Brasil e fui entrevistado no evento que marcou a I SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA realizada pelo grupo, faço questão de falar deles e do ativismo representativo que realizam para o povo preto no país onde vivo e noutros cantos onde piso.

FOTO VViA Instagram

A Vitória junto à um time de gente preta, mais do que competentes com seus trabalhos, realizam a divulgação de toda cultura underground preta na música, na literatura, na dança, Grafitti, comportamento entre outros âmbitos sócio-culturais.

FOTO ViA Instagram

Um ativismo mais do que necessário para a formação cultural e social e representação máxima de um exercício de cidadania, que dispensa o uso de armas que não sejam nossa fala, ou nosso “papo reto”. Um “armamento não bélico”, mas eficaz para levar informações e provocar as reflexões necessárias aos que acreditam ser possível termos um mundo melhor, onde principalmente o racismo juntamente à todo tipo de preconceito e sectarismo sejam extirpados.

EProdução via Instagram

Conheçam mais sobre a Vitória e o Ponto de Cultura Hip Hop Cariri nos Instagrans @sielbaderinwa e @hiphopcariri. PODER PARA O POVO PRETO

APOIEM O BLOG “ARTE E ARTIVISMO” ADQUIRINDO O LIVRO DO MOMENTO, O “BARATA, O ALIMENTO“. ELE ESTÁ DISPONÍVEL EM EBOOK E LIVRO FÍSICO NO SITE DA AMAZON. ACESSEM O SITE E BOA LEITURA