O PÓS “CARNAVAL DA CRISE”

 

img-20170226-wa0003

FOTO: Elieser Borba     LOCAL: Leme – RJ

 

Mais um “Carnaval tem seu fim” como diria a canção dos Los Hermanos, e o deste ano de 2017 não foi um Carnaval comum…foi o reflexo da crise.

Como todo fim de festa que se preze tudo são farrapos na derradeira hora em que as caixas de som tem que ser desligadas e o chiado dos amplificadores que animam as muitas farras em todo país dão lugar ao fungar dos narizes chorosos daqueles que gastam em seis dias de esbórnia o que poderia lhes salvar da fome por pelo menos três meses.

Como fica o Rio de Janeiro pós festividades? Com os mesmos engarrafamentos eu diria, com o mesmo trâmite de turistas, com uma Portela campeã, como Madureira em festa mas imerso em dívidas. As mesmas pautas, não importa o dia, quando passa a festa e cai a ficha que é possível perceber que é necessário muito mais que alguns dias de folia para trazer ao brasileiro a felicidade necessária para tocar a vida num ambiente tão hostil como o que se tornou o Brasil após o “FORA DILMA.”

Um país que deu lugar a uma possibilidade de melhora que só tem trazido as mesmas não-perspectivas anteriores com uma cereja “melhor ainda” no bolo, saber que os muitos anos agora acrescentados para a aposentadoria poderão enfim servir para uma finalidade….ter a casa própria, que para alguns miseráveis só é conseguida quando se chega à tumba.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s