KILL ZONE RIO DE JANEIRO

GameOverO Game é bastante violento, no melhor estilo GTA ou Residente Evil. Os Cenários e a resolução gráfica são um caso à parte, sendo possível estar ambientado dentro de Favelas da Zona Norte do Rio de Janeiro como o Chapadão, Morro da Lagartixa, Metral, Barbante dentre outras.

O jogador pode escolher três opções no modo de jogo: Atuar como um policial Militar, Miliciano ou jogar dentro dos dois grupos no modo multiplayer!! Ainda é possível o modo “cidadão de bem armado” onde seu nível de perícia com as armas brancas ou de fogo vai se elevando conforme a opinião pública noticia os casos de “Justiça com as próprias mãos!!” A ação se dá de forma muito realista, principalmente pelo fato de se poder contar com uma imensa variedade de armas.

O único ponto negativo do jogo é que assim como na maioria dos jogos de aventura parece uma covardia que o gamer mesmo tendo a possibilidade de fazer uso de armamentos pesados tenha que lidar com uma quantidade incrível de “inimigos.” Estes, em geral jovens negros, pobres e favelados, chegam em grupos de “cinco dentro de carros”, passam correndo e  mesmo deitados no chão tentando se proteger dos projéteis representam uma grande ameaça. O macete é sempre atirar para matar e assim se livrar do fator surpresa. Um ótimo artifício para pontuar mais no jogo é tentar plantar forjados nas cenas de crime ou mesmo comprovar que houve auto de resistência, ficando mais fácil zerar o jogo com a possibilidade de alcançar honra ao mérito e receber uma promoção do Governador!!!

PERFIL DO JOGO: Violento

JOGABILIDADE: 8

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s