O LIVRO DO MÊS – O CAMINHO PARA WIGAN PIER (GEORGE ORWELL)

        20151102_132122O livro do mês de Outubro fica à cargo da figura emblemática de George Orwell que de fato sempre consegue levar seus leitores aos meandros da realidade do que o mesmo relata.

        Diferente de “1984”, “A Revolução dos Bichos” e “Na Pior em Paris e Londres” o livro  “O Caminho para Wigan Pier (1937) não foi uma de suas mais aclamadas produções em vida – na verdade a maior parte de seus escritos só vieram a ter reconhecimento pós sua morte em 1950) mas leva traços contundentes do que representou sua forma peculiar e crua de escrever sobre as diversas representações do “british way of life”.

        Em “O Caminho Para Wigan Pier” o autor inglês traz aos leitores algumas mostras do que foi a vida dos mineiros de carvão do pauperizado norte da Inglaterra. O escritor relata a dura vida destas pessoas na perigosa coleta do mineral quando o mesmo era adquirido quase a peso de ouro e em condições totalmente adversas para quaisquer seres viventes num período em que este era tão importante tal como o mesmo cita que:

Para todas as artes da guerra e da paz o carvão é necessário; e se a guerra irrompe é ainda mais necessário. Em épocas de Revolução o mineiro precisa continuar trabalhando, do contrário a revolução tem que parar, pois o carvão é essencial tanto para a revolta quanto para a reação. Seja lá o que for que aconteça na superfície, as pás e picaretas têm que continuar escavando sem trégua – ou fazendo uma pausa de algumas semanas no máximo. Para que Hitler possa marchar a passo de ganso, para que o Papa possa denunciar o bolchevismo, para que os fãs de críquete possam assistir a seu campeonato, para que os Nancy Poets possam dar palmadinhas nas costas um do outro o carvão tem que estar disponível”.

        O livro se divide em duas partes, sendo a primeira destinada a abordar seus diários de viagem e a segunda uma análise da conjuntura política e social da Inglaterra e dos principais aspectos do Imperialismo Inglês e seus resultantes para os países por ele explorado. Muito embora “O Caminho Para Wigan Pier” não seja um livro considerado de maior expressão do autor, sem dúvida é um dos que ainda vale à pena folhear de forma crítica, principalmente à ponto de desmistificar a dita síndrome de vira-latas que alguns brasileiros tendem a ter em relação aos países ricos do eixo norte. Não só o norte da Inglaterra continua sendo a área mais empobrecida deste país até os dias atuais, mas em diversas partes deste é possível observar algumas relações de exploração e desigualdade tal como ocorre no Brasil e que causam o mesmo impacto de mazelas que em quaisquer outros lugares do mundo.

https://eliesereborba.wordpress.com/2014/12/30/o-livro-do-mes-como-morrem-os-pobres-e-outros-ensaios-george-orwell/

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s