BEACH COMBING TREASURES…e o lixo no seu lugar!!!

garimpo4

O detectorismo tornou-se um dos melhores hobbies de minha vida. Tenho gostado tanto da coisa que os momentos que realizo tal feito são hoje em dia poucos em que sinto novamente a alegria que tinha quando era uma criança e ganhava um doce de meus pais ou mesmo passava tardes distraído com meus jogos de videogame e meus livros da Coleção Vagalume.

Nem sempre fui conhecedor desta prática, e nem mesmo sabia que existem grupos de pessoas que se encontram em praias, fazendas, terrenos de antigos casarões e igrejas no Brasil e no mundo para realizar buscas e resgatar um pouco da história há tempos perdida nestes lugares. Faz um tempo atrás (em minha última passagem pela Inglaterra) que vi uma pessoas utilizando detectores de metal em um campo em Londres. Achei a ideia interessante e pensei “Porque não?” Minha sogra por ocasião me presenteou com um detector, e como resido praticamente em frente à Praia do Leme, no Rio de Janeiro, vez ou outra desço para me divertir, e posso dizer correndo um sério risco de parecer pedante que encontro de tudo um pouco: Latinhas de alumínio, bolinhas de papel alumínio, Prata, Ouro, Bijuterias, Molhos de Chave, Moedas de vários países e todo o tipo de quinquilharia que se possa imaginar e seja metálica…até uma quentinha cheia de comida já encontrei além de uma bermuda com uma carteira cheia de moedas e cédulas!!

Por vezes enquanto caminho nas areias das praias que frequento fazendo uso de meu aparelho sou interrompido por diversas pessoas que me perguntam o que estou procurando. Minha resposta em geral é apenas uma, e vem de pronto: “Estou procurando ficar em paz e abstrair um poucos dos problemas que como todas as pessoas eu também tenho.”Creio ser uma espécie de “ato falho” de alguns achar que os que praticam o detectorismo procuram por algo de valor. Eu mesmo me surpreendo com algumas peculiaridades que compreendem tal prática, e  três atos me despertam sentimentos muito fortes, sendo o último o mais interessante.

Acho magnífico quando encontro molhos de chaves, sendo  que geralmente esqueço onde coloca as minhas e imagino o transtorno que tenha sido para as pessoas que perderam. Outra coisa é perceber que a maior parte das grandes companhias (cervejarias, refrigerantes, etc) que são admiradas e consumidas por muitos são as que mais poluem indiretamente as praias, e digo indiretamente como um eufemismo para suavizar meu ponto de vista sendo que, o fato dos restos de seus produtos estarem enterrados nas areias é um simples reflexo da falta de educação de alguns. Por último deixo minha impressão particular acerca de todas as coisas inúteis que encontro e que são maioria dentre meus achados. O ato maravilhoso que é poder depositar todo lixo que nos seus devidos lugares é realmente algo indescritível dentro do exercício de cidadania e frente a responsabilidade que devemos ter com a natureza e para com nosso próximo.

Tudo o que é lixo recolho, faço a matéria para meu blog e depois coloco no devido lugar “na lixeira mais próxima!!”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s