O MUNDO ME PEDE ELE NÃO ME DÁ

contra-reducao-e1430072017657

Sou um típico ser humano que é inquieto em relação à tudo que me provoca inquietação, um inconformado nato com todo o conformismo existente e pensador assíduo em relação as bases de todo tipo de mazela que nos acomete cotidianamente. Sempre gostei muito observar e ser uma escuta atenta a cada um que conheço ou mesmo para os que porventura venham a cruzar suas vidas comigo em algum momento.

Dentre muitos dos incômodos que tenho um dos principais é ouvir de forma muito recorrente de alguns um simples “já terminei” quando lhes pergunto se estão estudando (primeiro e segundo segmentos/universidade). No momento em que ouço tais respostas sempre me pego pensando o “porque” de algumas pessoas serem tão ingênuas. Seria só um simples ato de não se questionarem, de não terem oportunidade para tal ou mesmo por pura inércia?

Algumas críticas comumente ouvidas acerca do tema relacionado à educação ou não-educação de muitos são bastante sérias ao meu ver, e por demais preocupantes, por exemplo, como cobrar de uma criança ou de um jovem que os mesmos venham a estudar se capacitar quando alguns destes optam pelo mundo do crime? Algumas pessoas irão dizer “escolas tem, mas eles é que não querem estudar!!” Isso posto lhes pergunto: Escolas tem, isso é fato, mas até que ponto são atrativas dentro de suas propostas? Elas atentam minimamente para aspectos educacionais que promovam atividades fechadas (em sala de aula) e abertas (fora de sala de aula ou mesmo do âmbito escolar) para diversificar o aprendizado? Melhor colocando, quantos educadores de fato são capacitados tecnicamente à ponto de terem essas preocupações frente suas realidades profissionais e as realidades dos estudantes que lhes cercam?

Ultimamente tenho ouvido algumas colocações acerca dos estudantes universitários. Este segmento, dito por alguns como sendo “maconheiros” ou “esquerdistas de sofá” dentre outros termos totalmente depreciativos são pura fábula. Em primeiro lugar, eu mesmo no período em que estive na Universidade (PUC-RIO) nunca fumei um baseado sequer, e apesar de ver algumas pessoas fazendo uso posso garantir que não era algo tão predominante, da mesma forma que vejo ser totalmente equivocado da parte de alguns dizer que os universitários são esquerdistas de sofá sendo este um dos poucos segmentos que ainda vai para rua apoiar diversos movimentos sociais em pleitos comuns ao todo independente a qual lado da moeda se pertença.

Isso posto, chego agora ao ápice de meus questionamentos ao pensar que de fato o que mais me preocupa não é tanto os a infância ou a juventude fora da escola….o que me deixa pensativo é eles estarem à margem do acesso, assim como os universitários maconheiros e esquerdistas ainda representam o mínimo dos que conseguem ingressar nas universidades brasileiras quando muitos dos que são críticos de sofá e porta de botecos simplesmente “terminaram seus estudos” (como alguns costumam dizer) e só adentram tais recintos por vezes como funcionários terceirizados.

Costumo sempre dizer e fazer ênfase ao fato de ser eu um nerd convicto, fator este que me faz inconscientemente relacionar muito do que faço com o maravilhoso mundo geek e sua plenitude. Lembro-me de quando assisti ao segundo dos filme X-men, e uma das cenas que mais me marcou foi quando os ex-companheiros de escola mutante e equipe Pyro e Iceman (Homem de Gelo) se enfrentam. Numa batalha onde fogo e gelo representavam respectivamente o mal e o bem, o homem de gelo em uma espetacular manobra consegue sub-julgar o outro num momento em que este quase vencia a luta e lhe dizia que “ele deveria voltar para a escola mutante.” A fala de Bobby (iceman) em resposta foi para mim a melhor de todo o filme ao acertar-lhe uma cabeçada gelada e dizer “e você nunca deveria ter saído de lá!!”

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s