Dia 26 de Dezembro – Dia da Lembrança

Lembrança

Reexistindo

Que possamos refletir que por vezes o não lembrar de algo não é esquecer

E que se o esquecimento calha, em andar no fio da navalha

certamente o problema existe mas não está em você.

Que venhamos esperar menos e fazer mais, não esquecendo que ademais

o que resta é a vontade de sobreviver.

E que nem sempre se a vida, de amor e paz é nutrida

irá nos dar algo a colher.

Que entendamos que nossas vontades, ao lembrarmos das necessidades nos tornem aptos à ver

que o que sobra no fim são resquícios, de tudo que embora não visto ainda encontra-se ali

Num tempo em que cada segundo, se queima e se esvai em minutos e só resta o abstrair.

Por isso tente e não negue, embora você se entregue aos contrastes do cotidiano

o querer é exigente e não pode, fazer com que contes com a sorte, caindo em desengano.

Não esqueça que o sempre é latente e está ao seu lado presente no vai e vem deste mundo

Alguns se foram e não voltam, mas outros estão sempre à postos, se lembre o cuidar é humano!!

                                                                              Elieser E. Borba

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s