Dia do amigo, facebook e afins!!

amigoonça

Alguns anos atrás o dia de hoje (Dia do Amigo) passaria desapercebido!!! Alguém se arrisca em saber o porquê? Pois bem, para fazer a matéria de hoje irei fazer uso disso mesmo como exemplo…o facebook!!!

Fazem apenas dois dias atrás eu conversava com dois camaradas, e pasmem via facebook, e estávamos a dialogar acerca da dissolução da amizade de ambos com uma pessoa de nosso meio em comum!! Entre exposições de pontos de vista, explicações e tentativas fúteis de tentar esclarecer o que é inexplicável, pelo menos ao meu ver, pus fim à conversa que já estava para lá de massante fazendo menção ao fato de que “ter amizade com algumas pessoas via rede social não é parâmetro para medir o grau de comprometimento e horizontalidade que as mesmas tem por nós”!!

Pode parecer taxativo demais para alguns sim, mas imagino o quão estranho seja para muitos, por exemplo, lidar de forma amistosa e gentil via facebook com uma pessoa que vive na mesma vizinhança que você e que é uma conhecida de longa data e a tal parar no mesmo ponto de ônibus e nem olhar na sua cara, pior ainda, mesmo estando ciente de que você está ali. Muito estranho também é conversarmos pelo “Face” com indivíduos que, por vezes dissemos à outros serem nossos queridos quando entretanto, é impossível nutrirmos pelo mesmo aquele sentimento de querer ver, querer olhar no olho e deixar a relação na perspectiva dialógica que deve ter a vida social e afetiva entre os seres humanos. Mais complicado ainda é quando nos percebemos neste papel, ou seja, de que não é o outro aquele “amigo da onça”!!

Eu mesmo nunca me dei ao luxo de ter amigos. Me lembro bem da época da Universidade, que por ocasião do “trote” me neguei a participar da brincadeirinha!! Uma moça meio arrogante e que era veterana de outra turma me diz “Se você não entrar no jogo não vai fazer amizades aqui!!”. Não pestanejei em retrucar “Eu não vim para a Universidade para fazer amigos. Quem quer ter um milhão de amigos é o Roberto Carlos”!! Foi bastante engraçado, e alguns até se escandalizaram, mas até fiz amizades sinceras e duradouras por ali!!

Os poucos que tenho ou mesmo aqueles que o foram e que pensei serem pessoas que poderia contar bem sabem que desde minha juventude andei muito mais só do que acompanhado, e até para escolher meu meio de condução preferido optei pela simplicidade da bicicleta ou pelo risco e solidão das motocicletas, símbolos únicos do egoísmo ou mesmo da não necessidade de ter várias pessoas junto comigo somente pelo fato de eu estar sobre quatro rodas. Os que são meus amigos de fato irão me querer por perto e me acionar mesmo que eu esteja à pé ou debaixo de céus que sejam diferentes dos seus e sem sombra de dúvidas nunca se incomodarão de ter os meus problemas como sendo parte dos seus!!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s