SERIA A SELEÇÃO BRASILEIRA UM REFLEXO DA SUA SOCIEDADE?

Torcedora

Fazem dois dias estava conversando com uma pessoa que considero das mais inteligentes e politizadas em meu meio. Em nossa conversa informal porém séria, beirando um paralelismo às avessas, tratávamos de um tema que, mesmo com suas contradições é o principal assunto do momento, a “Copa do Mundo”.

Particularmente, não creio que deveria escrever para meu blog uma matéria relacionada ao tema “futebol”. Sou torcedor precoce porém apaixonado do Botafogo, defendendo inclusive a frase do célebre Lúcio Rangel que disse não gostar de futebol, mais gostar do time alvinegro, além disso, sou pouco antenado sobre o futebol mundial, o que me faz tal como os acadêmicos que não detém do arcabouço teórico necessário para discorrer acerca de um tema se absterem de tal iniciativa.

Quando acima faço menção prévia às contradições, é impossível não destacar aqui que as mesmas são diretamente ligadas ao fator mais midiático e por que não óbvio do momento em relação à Copa do Mundo 2014, e isto está no fato da competição estar se dando em solo brasileiro. Apesar de não ter acompanhado em praticamente nada os jogos tal como o consenso popular direciona, tenho tido através de diversos canais pleno conhecimento do que tem acontecido em meio a todo o “espetáculo” que principalmente na Zona Sul da cidade toma imensas proporções de “pão e circo”, assim como se expressa nos quintais da Zona Norte e Baixada com seus churrascos e cervejadas que marcam as partidas de futebol da seleção e as folgas conquistadas pelos jogos no Maracanã.

Foi de meu conhecimento a derrota da seleção brasileira para uma dita poderosa seleção alemã e que foi precedida de comparações das mais escatológicas e Eurocêntricas brotando das redes sociais, comparando por exemplo um Brasil do sul a uma grandiosa Alemanha do eixo norte. Matérias de jornais colocando o tão pedida renovação do futebol nacional como fiasco sob a batuta de Scolari. Contudo, só consigo pensar neste momento de tantas críticas e proposições das mais variadas que, outro dia pós início da Copa 2014, me deslocava do Leme para Madureira e percebi o quanto os anúncios e placas em alusão ao torneio iam diminuindo a intensidade de um lado ao outro da cidade. Foi impossível para mim, por exemplo, não atinar ao fato de que, caso não fossem decretados feriados nos dias de partidas no imponente e hoje elitizado Maracanã a cidade não andaria em seu fluxo normal, que os mais conhecedores sabem o quão caótico é.

É impossível, ao menos ao meu ver, conceber pessoas saírem de suas casas nos Morros da Zona Sul e alugarem as mesmas a preços exorbitantes ou mesmo ceder espaços em suas varandas e terraços por R$ 200,00 por noite ao relento para estrangeiros visando um lucro relâmpago tal como seus empregadores obtém ao explorar estes no duro cotidiano de suas atividades laborativas. Enquanto vejo o Neymar no freezer da Kibon, o Fred na Magazine Luiza, o Oscar na Hyundai enquanto Daniel Alves está na TV pela Nike e o próprio técnico como garoto propaganda da Vivo, imagino o quanto os mesmos aumentam os valores de suas contas bancárias com a propaganda e venda de suas imagens que nem valem tanto assim. Quantos foram os que em Junho do ano passado se encaminharam às ruas em diversos logradouros do Brasil para pleitear direitos, levantar bandeiras e defender interesses, tal como a seleção brasileira deveria ter representado a nação e ainda assim não desgrudaram da tela na transmissão do evento e se vendem à empresas corruptas visando o bom salário no fim do mês?

Com todas estas ponderações postas, fica a indagação: seria ou não a seleção a imagem do brasileiro refletida num espelho? Penso que, se somos todos iguais em direitos e deveres, ao sairmos de casa e nos defrontarmos com a realidade nacional, só sendo muito mais que as tendências para ser o mesmo em ideologia!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s