Bye, Bye Brazil!!!

Choro

Acredito que neste momento alguns estejam tristes sim!! E dificilmente não seremos acometidos por este sentimento intragável e por que não inexplicável? Eu mesmo que nunca me sentei para assistir uma partida da seleção canarinho consigo me sentir triste…triste demais.

Me sinto entristecido demais porque até os dias atuais o corpo da Engenheira Patrícia Amieiro nunca apareceu após a mesma ter sido alvejada pela polícia na Barra da Tijuca. Me sinto muito mal pelo fato do caso relativo à Priscila Belfort ter ido para um mesmo caminho que em nada se difere do Amarildo, taxado por uns e outros dentro do linguajar policialesco de “Vagabundo” quando alguns nem pisam numa favela e sequer sabem diferenciar o vagabundo do morro do vagabundo do asfalto, se é que este jargão existe de fato.

Me sinto cabisbaixo e por vezes sem argumento quando no país do futebol 11 jovens saídos de Acari para passar um fim de semana num Sítio em Magé são mortos pelo fato de uns “Matadores que se sentiam donos do lugar” acharem que eles tinham um determinado “Tesouro”, algo que na verdade era fruto de roubo de um dos rapazes que ali estava e que também, até os dias de hoje nunca tiveram seus corpos encontrados, assim como desaparecidos políticos, pessoas estas que lutaram pelo resquício de liberdade que temos hoje dentro deste país ainda continuam sem paradeiro.

É estranho eu parar apenas a alguns metros de uma “Fifa Fan Fest” lotada de pessoas felizes ou em um momento de falsa alegria enquanto vejo na Rua Gustavo Sampaio a Guarda Municipal descendo o cacete nos ambulantes ditos informais e levando seus materiais para sabe-se lá onde serão malversados, pois se vender algo sem licença é crime, revender produtos apreendidos também culmina na mesma atividade ilegal. Na mesma rua pude ver policiais do Choque gritar para os moradores do Babilônia que os repreendiam por estacionar indevidamente em local de transporte público que “Eles não são bonzinhos como os policiais da UPP” e ainda que ” poderiam se ferrar pelo que estavam dizendo”.

Realmente é dolorido viver num país onde alguns só são patriotas em vias de fato de quatro em quatro anos e que buscam seus míseros minutos de felicidade em resultados de um esporte que só gera o enriquecimento alheio, de jogadores alheios e que são também alheios a cada olho grudado nas telas de todo o país!!!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s